Com o objetivo de reunir e disseminar informações sobre energia heliotérmica no Brasil, O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável acabaram de lançar a Plataforma Online de Heliotermia.

Antes de entrarmos em detalhes sobre o funcionamento do site, precisamos, antes de tudo, explicar para você o que é energia heliotérmica. Ela nada mais é do que a geração indireta de eletricidade a partir dos raios solares. Falamos indireta porque, antes de virar energia elétrica, o calor do Sol é captado e armazenado para, depois, ser transformado em eletricidade.

Além de ser considerada uma fonte de energia renovável de baixo impacto ambiental, a heliotermia pode oferecer energia sempre que for necessário. Com a possibilidade de armazenar energia térmica, a produção acontece mesmo em dias nublados ou durante a noite. O que é uma vantagem enorme quando fazemos a comparação com o sistema de captação de energia solar convencional.

“A grande vantagem da energia solar heliotérmica é que podemos produzir tanto calor para processos industriais quanto energia elétrica”, afirma Eduardo Soriano, do MCTI. Ele também destaca que o Brasil, como país tropical, tem grande potencial para aproveitamento da energia do Sol.

Agora, vamos à plataforma em si: Ela é dividida em duas seções. A primeira é uma área aberta e a segunda é uma área exclusiva para usuários cadastrados.

Na área aberta, acessível a todos os visitantes, há páginas informativas e notícias sobre heliotermia. Já a área exclusiva, que pode ser acessada após um cadastro, disponibiliza artigos científicos e informações especializadas para quem estuda ou trabalha com o tema.

Além disso, os usuários encontram guias de mercado e de pesquisa, nos quais empresas, órgãos públicos e instituições de financiamento, pesquisa e desenvolvimento podem se registrar para compor um panorama das organizações relacionadas à heliotermia.

Para ajudar ainda mais os profissionais envolvidos nessa nova forma de energia, o site também possui as seções Empregos e Editais com as principais informações sobre processos seletivos e vagas na área.

FONTE: MCTI